5 estados com maior número de inadimplentes no Brasil

O Brasil é mantido por diversas arrecadações anuais importantes e apesar desses valores serem obrigatórios, você sabia que muita gente deixa de cumprir com eles? Em alguns estados, o Governo precisa tomar s como estender o prazo de pagamento a fim de tentar minimizar a inadimplência dos contribuintes.

São Paulo

São Paulo é um dos estados mais significativos, economicamente falando, para o país, mas também é uma região que concentra um número grandioso de devedores.

Poderíamos simplesmente justificar esse percentual para o estado utilizando o custo de vida alto de São Paulo. O IPVA 2021 SP, por exemplo, já foi considerado um dos mais caros, mesmo para quem tem um modelo econômico de veículo.

Entretanto, esses números não são voltados somente para a cobrança de impostos. De acordo com o Serasa, desde cedo, os paulistas começam a fazer empréstimo e se envolver em dívidas através do cartão de crédito.

Distrito Federal

O Distrito Federal é um centro político e econômico, mas esses títulos não impendem os contribuintes de acabarem com o nome sujo no Serasa.

De acordo com o órgão, o percentual de adultos devedores no estado só conseguiu diminuir 0,01% de 2018 para 2019, o que não representa uma melhora significativa.

O Governo do estado está sempre promovendo ações para reverter os números, como por exemplo, possibilitando o desconto do IPVA 2021 DF para quem paga à vista.

Ceará

Outro estado que também entro no ranking de devedores foi o Ceará. E apesar da porcentagem cobrada pelo IPVA 2021 CE ser um pouco menor do que para outros estados, a inadimplência segue o mesmo caminho.

O número de devedores adultos da região cresceu de 2018 ara 2019 e com a cobrança dos novos impostos em 2021, a expectativa é que esse percentual de não pagadores aumente ainda mais.

De acordo com os dados, o Ceará ficou representado pelo percentual de 3,9% da população inadimplente do país, o que ainda é um número reversível se comparado a outros estados.

Roraima

Roraima lidera o ranking de inadimplência de forma geral, considerando diversos setores, desde os impostos obrigatórios até os empréstimos.

Nas últimas pesquisas, cerca de 58,1% da população adulta da região já tinha estado ou estava como o nome registrado na lista de mau pagadores.

O déficit se dá, principalmente, pela dificuldade que os contribuintes de Roraima possuem em cumprir com prazos e datas estabelecidas pelos órgãos cobradores, o que acaba levando à multas e acréscimo de juros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *